Niepoort

Alguns especialistas chamam a Niepoort de iniciadora do Douro moderno. Consequentemente, não deve perder a oportunidade de experimentar os seus vinhos. Embora o elixir da uva esteja sempre presente nas suas mentes criativas, poderá apanhar um dos Niepoort para uma conversa inspiradora sobre os seus vinhos mundialmente aclamados.

Dirk van der Niepoort é atualmente a quinta geração e CEO da empresa familiar de mesmo nome, mas o filho mais velho de Dirk, Daniel, também já ingressou na empresa.

Dirk é um fã de vinho como poucos outros no mundo. Não tem formação enológica, mas faz vinho por intuição e experiência. Através de sua paixão por vinhas, uvas e vinhos, Dirk não só levou sua empresa familiar ao sucesso internacional, mas também realizou o seu próprio sonho de criar uma série de vinhos de mesa fabulosos. Através deles e do seu compromisso com a região, lançou as bases para o desenvolvimento moderno do Douro.

O seu antepassado Franciscus jamais teria ousado sonhar que seu tataraneto se tornaria um dos nomes mais conhecidos do planeta Vinho no século XXI.

História

A família Niepoort opera de forma independente no mercado do vinho do Porto desde 1842. Franciscus Marius Niepoort, natural de Hilversum, Holanda, pôs os pés em Portugal e fundou a Casa, hoje mundialmente famosa.

A casa do vinho do Porto da família foi fundada nessa época, mas apenas a partir de 1987, quando Dirk van der Niepoort se juntou ao seu pai Rolf nos negócios da família, a empresa passou a possuir vinas próprias. Até então, a Niepoort era um tradicional negociante de vinho do Porto: os vinhos-base eram adquiridos a viticultores do Douro, nutridos e amadurecidos, depois loteados e comercializados a partir das caves da empresa em Vila Nova de Gaia, Porto.

Dirk van der Niepoort, nascido em 1964, descobriu sua paixão pelo vinho enquanto jovem, durante um estágio na loja de vinhos Mövenpick, na Suíça. O trabalho convencional da casa de vinho do Porto já não o satisfazia. Ele queria cultivar suas próprias uvas para controlar a qualidade desde o início. Dirk pretendia também pisar a pé os seus vinhos em lagares tradicionais de granito. Este metodo representa um tipo de maceração cara que requer muito trabalho com as mãos e os pés. No entanto, o enólogo apaixonado tinha a certeza que os vinhos do Porto perderiam densidade e complexidade se apenas fermentassem em cubas.

Comprou assim a dilapidada Quinta de Nápoles, na sub-região do Cima Corgo, na margem esquerda do Tedo, um afluente do Douro. A Quinta foi mencionada em documentos históricos de 1496, tornando-se uma das propriedades mais antigas de toda a região. Um ano mais tarde, a empresa adquiriu também a Quinta do Carril, que fica logo acima da Quinta de Nápoles.

No entanto, os Niepoort não puderam trabalhar imediatamente as vinhas, que durante décadas foram abandonadas: primeiro, tiveram de fazer investimentos substanciais. 15 hectares tiveram que ser totalmente replantados. Outros 10 hectares com vinhas com mais de 70 anos poderam ser preservados.

Além de produzir seus próprios vinhos do Porto, Dirk fez experiências com vinhos de mesa. Em 1990 Dirk vinificou o seu primeiro vinho tinto, denominado „Robustus“. Os críticos, no entanto, o declararam-no “impróprio para beber” devido aos taninos fortes e à acidez e o vinho nunca chegou ao mercado. Então, Dirk fez seu primeiro “Redoma” tinto em 1991, e quatro anos depois o primeiro “Redoma” branco e em 1999 também a primeira versão rosé do vinho agora mundialmente popular.

O primeiro Batuta chegou ao mercado com a colheita de 1999. Provém das vinhas mais antigas das encostas viradas a norte da Quinta do Carril e rapidamente atingiu um estatuto de culto em Portugal.

Desde a vindima de 2007, os vinhos são vinificados na nova cave da Quinta de Nápoles. Após nove anos de planeamento, foi construída em apenas nove meses.

Visite-nos e reserve ...

– Uma prova

Faça uma reserva ↗

Procura uma coversa vinica esclarecedora aliada a uma estadia num dos melhores e mais agradáveis ​​hotéis de todo o Douro? Então têm que visitar os Ferreira! A sua paixão pela região é contagiante e não sairá do vale sem se impressionar com a gastronomia local com frutas e legumes da sua própria horta.

Descubra mais...
Shop
Taste
Eat
Sleep
Vilarinho dos Freires
5050 - 364 Peso da Régua Portugal

Tel: +351 254 323147
Email: geral@quintadovallado.com
Web: www.quintadovallado.com

Alguns especialistas chamam a Niepoort de iniciadora do Douro moderno. Consequentemente, não deve perder a oportunidade de experimentar os seus vinhos. Embora o elixir da uva esteja sempre presente nas suas mentes criativas, poderá apanhar um dos Niepoort para uma conversa inspiradora sobre os seus vinhos mundialmente aclamados.

Descubra mais...
Taste
Quinta de Nápoles
5510-543
Portugal

Tel: +351 223 777 770
Email: info@niepoort.pt
Web: www.niepoort-vinhos.com

Para além da impressionante qualidade dos vinhos, não vai esquecer um encontro com os Roquette: a sua hospitalidade e joie de vivre, aliadas à mística localização da Quinta, são uma experiência a não perder!

Descubra mais...
Shop
Taste
Eat
Sleep
Gouvinhas
5060-063 Sabrosa
Portugal

Tel: +351 254 920 020
Email : crasto@quintadocrasto.pt
Web: www.quintadocrasto.pt

Cristiano van Zeller é umas das personalidades incontornáveis do Douro. Com grande paixão e propriedade, conta histórias como ninguém sobre o Douro. Cristiano é um comunicador por excelência e deixa, por todo o mundo, uma indelével imagem do Douro e dos seus vinhos.

Descubra mais...
EM502,
Portugal

Tel: +351 223 744 320
Email: cristiano.vanzeller@quintavaledonamaria.com

Quer beber o mesmo vinho que a realeza da China? Então venha visitar os Olazábal. Eles não produzem apenas vinhos incríveis e altamente cotados, você tem que experimentar este local unico!

Descubra mais...
Shop
Taste
Vila Nova de Foz Côa
5150-501 Vila Nova de Foz Côa
Portugal

Tel: +351 279 762 156
Email: geral@quintadovalemeao.pt
Web: www.quintadovalemeao.pt